VJ Notívago

 >>---->

Fabio VJ Notívago é especialista em soluções para audiovisual com foco em manipulação de imagem ao vivo e artes visuais em movimento. Desde julho de 2018 em turnê com a equipe da artista ANITTA, produz e opera os visuais do painel que compõe o cenário do show usando sincronia via timecode. Previamente havia trabalhado com Marina Lima, Maria Bethânia e Barão Vermelho.

Como profissional liberal viveu variados momentos na carreira que transitam entre VJ, percussionista, consultor técnico, produtor executivo e coordenador de projetos. Formado em comunicação social pela PUC-MG, acumula experiência desenvolvendo e realizando soluções aplicadas a diversos contextos como projeções mapeadas, cenários, painéis de led, exposições, clipes, espetáculos, prêmios, festivais, eventos, festas, shows, congressos e cursos.

Tem como marca tratar a imagem como instrumento percussivo, fruto do estilo rítmico de mixagem em tempo real proveniente da experiência como percussionista. Com os artistas Beatriz Azevedo e Junu, combina as duas funções: operar os visuais e tocar percussão. Se empenha em prol do fomento da formação de novos VJs e artistas visuais através de projetos educativos e culturais, especialmente festivais que combinem artes visuais, musica, tecnologia e luz.

 <----<<

cel/whatsapp: [+55 21] 98153.9486
vjnotivago@gmail.com
 >> Português, Inglês e Italiano.

 

 

Natal da Cidade de Niterói [RJ] Projeções Mapeadas no Palácio dos Correios [video]

 >>----<<

Em 2018 participou da criação do “Projeta Rio”, ação patrocinada pela EPSON e pela Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro, coordenando oficinas de projeção mapeada nas comunidades Santa Marta, Vidigal e Rocinha. O curso resulta numa obra colaborativa cujo roteiro foi elaborado em parceria com os alunos e projetada na estátua do Cristo Redentor nas viradas dos anos de 2018 para 2019 e de 2019 para 2020.

Na música eletrônica foi VJ residente das festas RIO ME e Deep Please. Participou do várias outras como freelance em maratonas de até 16 horas de painéis de led, em locais diversos. Nestas festas acompanhou artistas como Cool Cats, Gui Boratto, Gabe, Kollektiv Turmstrasse, HOSH e Chemical Surf. No festical RIOME de 5 anos, desenhou os 3 palcos que ocuparam a esplanada da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Ainda no eletrônico operou as luzes da festa alemã KUBIK em sua edição de Belo Horizonte.

Atuou como produtor executivo e consultor técnico em festivais como a Virada Sustentável e o Festival Multiplicidade em 2017; também montou exposições na Caixa Cultural RJ e Brasília e no CCBB de São Paulo. Também como produtor participou do Raízes da Tradição, coletivo que atua na produção de eventos e grupos de cultura popular. Pela instituição fez parte do CONJUVE - Conselho Nacional da Juventude, órgão do governo, através da qual pode participar de diversos eventos da agenda do conselho.

Na produção cultural, fez parte do coletivo etnohaus e participou de eventos de ocupação do espaço publico com ocupações artísticas. Em 2014, com o projeto Dia de Zumbi, é selecionado na ocupação da Caixa Cultural Rio de Janeiro e Brasília. Previamente havia sido coordenador de comunicação e audiovisual dos festivais Santa Música em 2011 e 2012 e do edital de ocupação da Sala Funarte RJ em 2012 com o projeto Ecos da Cidade.

Em 2016 fez parte da equipe de técnicos audiovisuais da Panasonic nos jogos olímpicos e paraolímpicos do Rio de Janeiro. Responsáveis por sistemas visuais e painéis de led do antigo HSBC Arena, no parque olímpico do Rio de Janeiro, davam suporte aos contratados da empresa mundial Creative Terchnology London.

Em 2014 e 2015 coordenou as projecões mapeadas no edifício dos Correios de Niterói, um palácio de 30 metros de largura por 20 de altura. O espetáculo foi concebido em conjunto com o secretário de Cultura da cidade na época, Arthur Maia. As projeções faziam parte dos espetáculos de Natal da Cidade que combinavam orquestra, coral e shows de Tony Garrido e Elba Ramalho.

Durante 4 anos, de 2012 a 2015, foi o responsável técnico e operador das projeções e intervenções de imagem das montagens do PALAVRAS CRUZADAS, nos teatros Oi Futuro Ipanema e Cidade das Artes. Consistia na elaboração de espetáculos audiovisuais inéditos desenvolvidos no encontro de artistas multiplos da música, literatura e artes visuais como Tono, João Penoni, André Dahmer (Malvados) Karina Buhr, O Terno, Lirinha, Metá Metá, Tulipa Ruiz, Rica Amabis e Alexandre Orion.

Em 2013 elabora, em parceria com a Cia de Dança Babhalakina, as projeções do PRIMEVO GESTO - Espetáculo de Dança Afro Contemporânea, vencedor do Prêmio FADA, com apresentações no Centro Coreográfico, Parque das Ruínas e Teatro Carlos Gomes. No mesmo ano em anos seguintes, realizou as projeções do espetáculo Orquestra de Ritmos, do grupo Batuquebato, também no Carlos Gomes.

Previamente à carreira de VJ, se dedicava à comunicação visual, trabalhando em escritórios de design, agências de publicidade, laboratórios, colégios e ONGs como diretor de arte e programador visual.

 <----<<

cel/whatsapp: [+55 21] 98153.9486
vjnotivago@gmail.com